GDPR para Imobiliária: Tudo que você precisa saber 2 anos ago

Você sabe o que é GDPR para imobiliárias? Embora essa sigla pareça um pouco confusa e até mesmo estranha para quem administra um negócio desse tipo, é de extrema importância, pois sua entrada em vigor altera toda a forma como o marketing digital é realizado.

Como regula a forma como os dados pessoais são usados e acessados na internet, o GDPR para imobiliária é um tema de suma importância, e que pode inclusive ocasionar em punições para aqueles que não se adequarem às regras.

Para evitar que você tenha problemas com o GDPR para sua imobiliária, preparamos um texto com tudo o que você precisa saber sobre a questão e como se preparar para esse novo momento. Confira.

O que é GDPR?

Antes de falarmos sobre o GDPR para imobiliária, cabe uma pergunta importante: você sabe o que é o GDPR? Sigla para “Regulação da proteção de dados gerais”, significa o desenvolvimento de uma lei para proteger os dados que os usuários fornecem via internet.

Isso significa que, para quem usa o marketing digital para impulsionar suas campanhas, as ações ficarão mais complicadas, já que agora, com a legislação em vigor, dados pessoais ficam protegidos contra vazamentos e interceptações indevidas.

Então, a partir de agora, todas as ações de marketing precisam estar de acordo com o que diz a GDPR para imobiliária. E como fazer isso? No que focar para evitar que sua empresa seja multada?

Confira abaixo algumas dicas que vão lhe ajudar a estruturar suas campanhas, sem dores de cabeça.

  • Quem está sujeito à GDPR?

A GDPR nasceu como uma resposta aos inúmeros escândalos que vazamentos de dados de usuários comuns e vendas destas informações a empresas que tinham a intenção de explorá-las comercialmente.

Para coibir tais práticas, os governos da União Europeia desenvolveram a legislação, que protege os dados de seus cidadãos e infringe pesadas multas àqueles que não respeitam tais regras.

Mas, isso significa que a GDPR para imobiliária vale apenas na União Europeia? Nada disso. Se você, empresário brasileiro, usar os dados de um cidadão do bloco econômico em sua estratégia de marketing digital, pode correr sérios riscos de se ver com uma multa pesada em mãos.

O que eu preciso ter para se adequar à GDPR para imobiliária?

Conforme comentamos há pouco, a GDPR para imobiliária nasceu exatamente para acabar com a “festa” que era o roubo de dados e o uso comercial de informações das pessoas na internet, e quem não se prevenir vai sofrer. Pelo bolso.

Mas, embora a GDPR tenha tornado o uso de informações bem mais rígido, não significa que você nunca mais poderá estruturar uma campanha de marketing digital.

As informações online ainda poderão ser utilizadas. Mas, é preciso se adequar à GDPR para imobiliária, fazendo algumas adaptações, conforme mostraremos abaixo.

  • Transparência

Na GDPR para imobiliária é necessário ser transparente. Mas muito transparente mesmo. Como isso funciona? Vamos dar um exemplo prático.

Você monta uma campanha de marketing digital onde oferece um e-book para os visitantes de seu site, certo? Mas, para que o material seja acessado, é necessário que o internauta diga seu nome e forneça seu e-mail.

Ao solicitar e receber essa informação, você precisa dizer claramente para que precisa destes dados. Por exemplo, se seu objetivo é construir uma relação comercial com essa pessoa, é necessário deixar isso bem claro, em algum lugar de seu site.

Se você omitir esta informação, e o internauta se sentir ofendido por ser importunado comercialmente poderá, com base na GDPR para imobiliária, processar a sua empresa, pedindo uma indenização milionária, o que seria um problema não só pelo processo em si, mas sobretudo pelo dinheiro que vocês teriam de gastar.

  • Capte apenas as informações que for utilizar

Outra mudança que a GDPR para imobiliária trouxe ao dia a dia de quem lida com o marketing digital é em relação ao volume de informação captada. Se antes você podia captar toda a informação que pensasse precisar, agora o cenário mudou radicalmente.

A nova legislação prega que sua empresa deve captar do seu lead apenas as informações que irá usar ou precisar em curto ou médio prazo. Nada mais de captar dados hoje e utilizá-los depois, para uma estratégia que você acabou de desenhar, mas que tão cedo não vai colocar em prática.

A GDPR para imobiliária proíbe o acúmulo de dados. Até porque, caso ocorra um vazamento de informações, e dados que não estavam em sua estratégia sejam espalhados trarão muitas dores de cabeça para você e sua empresa.

  • Explique muito bem sua política de privacidade e o uso de dados

Além de captar apenas aquelas informações que você vai usar e deixar isso claro para os usuários, na GDPR para imobiliária é preciso que sua empresa crie uma página explicando apenas os termos de uso e a política de privacidade da empresa.

Embora possa parecer mais uma burocracia ou mesmo preciosismo, esse cuidado é fundamental para impedir que sua empresa seja processada ou mesmo tenha os subsídios para se defender caso isso aconteça.

Aliás, nesta página de política de privacidade, é necessário que a imobiliária deixe muito claro ao usuário os objetivos da captação de seus dados, de forma clara e direta.

Além de evitar processos e prejuízos financeiros, essa postura ajuda a dar credibilidade e confiabilidade à sua empresa, melhorando assim seu percentual de negócios fechados.

  • Informe se fará o rastreio do usuário

Na GDPR para imobiliária, além de contar às pessoas quais dados você pretende pegar e o que fará com essa informação, é fundamental dizer aos seus potenciais leads se você faz ou não o rastreio dessa pessoa.

Isso significa que, se sua empresa acompanha a navegação das pessoas online, sem que elas saibam que estavam sendo rastreadas, esse dado precisa, sim, ser informado ao internauta, para que você não sofra com o risco de ser vítima de um processo.

Embora pareça chato, burocrático e até mesmo tedioso, o GDPR para imobiliária é uma evolução, que protegerá os dois lados.

Nossa equipe está pronta para ajudar você a implementar as melhores estratégias para os resultados digitais da sua imobiliária.

 

No Replies on GDPR para Imobiliária: Tudo que você precisa saber

Leave a reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>